3 de mar de 2015

PRÉ-JOGO: BOSTON CELTICS vs. CLEVELAND CAVALIERS


Olá amigos tudo bem com vocês???

Após duas derrotas consecutivas, nossa equipe volta a Q-Arena retomar o caminho das vitórias, e enfrenta a equipe do Boston Celtics(23-34), 11º da conferência Leste, que ainda briga por uma vaguinha nos playoffs. A presença de Kyrie Irving ainda é incerta, saberemos somente momentos antes do inicio da partido, ele que vem se recuperando de uma lesão no ombro. 

Com 11 vitórias consecutivas jogando em casa, a equipe conta com média de 14,6pts sobre os adversários. Sequência que não acontece desde abril de 2009. As duas equipes farão uma série de quatro jogos, os Cavs já venceram a primeira da série, hoje esperamos ganhar a segunda desta série. 

Boston Celtics vs. Cleveland Cavaliers
Local: Quicken Loans Arena, Cleveland, OH
Horário: 7:00pm Local - 21:00hs horário de Brasilia
Transmissão: Sem transmissão

Possíveis Titulares:
Boston Celtics
- 11 Evan Turner
- 30 Brandon Bass
- 44 Tyler Zeller
- 0 Avery Bradley
- 36 Marcus Smart

Cleveland Cavaliers
- 23 Lebron James
- 0 Kevin Love
- 20 Timefey Mozgov
- 5 J.R. Smith
- 8 Matthew Dellavedova

Último confronto:
14/Nov/2014 - TD Garden – Boston, MA
Cleveland Cavaliers 122x121 Boston Celtics



1 de mar de 2015

UM PÉ NO SACO


Cleveland e Houston fizeram um duelo tenso na Toyota Center. Com os olhos dos EUA e de boa parte do mundo do basquete virados para o estado texano, os dois times se enfrentavam com o objetivo claro de se impor sobre um grande adversário. Harden e James travavam um duelo particular também na corrida do título de MVP.

O jogo foi bastante equilibrado. Cleveland começou explorando a jogada dentro do garrafão, com Mozgov bastante ativo. Por outro lado, Montiejunas impunha dificuldades do grandalhão russo saindo para chutar da linha dos 3-pontos. James forçava as infiltrações com bastante sucesso.

No final do primeiro quarto e início do segundo, Love apareceu para o jogo com belas cestas no garrafão. Houston aproveitou erros consecutivos dos Cavs e terminou vencendo o quarto inicial. Cleveland recuperou-se no jogo e empatou a peleja.

A partida mudou de história quando antes do intervalo, Lebron foi para bandeja levou 265 faltas e arbitragem não marcou nada. Em seguida Mozgov levou várias faltas e nada foi marcado.
Cleveland foi para o intervalo perdendo o jogo e perdendo a paciência. 47 x 50

Na volta do intervalo, Lebron se estranhou com Beverley mostrando a tônica do jogo: Confusão e arbitragem ruim.



Daí em diante foi um show de faltas técnicas, confusões e péssimas escolhas da arbitragem.
Com direito até a um chute de James Harden nos países baixos de Lebron James.
Kevin Love convertia bolas de 3-pontos e mantinham os Cavs ainda vivos, já que Harden e cia abriam vantagem de 11 pontos. Lebron James concentrava as ações ofensivas dos Cavaliers.

Time foi para o período final com desvantagem de 8 pontos. Lebron e Harden foram para o banco e surpreendentemente os Cavs de James Jones e Dellavedova empataram o confronto com bolas de 3-pontos.

Harden e Lebron voltaram para quadra e Lebron decidiu marcar pessoalmente o Harden. Melhorou a péssima defesa que o time vinha apresentando. Mesmo assim Harden ainda brilhou com lances incríveis e com toda a pf roteção dos juízes. O jogo virou um James x Harden. James levava a melhor.

Cleveland teve a chance da vitória com a posse de bola faltando 22 segundos para o fim e partida empatada em 98. Lebron James errou o arremesso da cabeça do garrafão e a partida foi para prorrogação.

Na prorrogação, os times erraram bastante. E mais uma vez os Cavs tiveram a chance de vencer, novamente com Lebron James. Time perdia por 103 x 104, após James converter uma bola de 3-pontos a 43 segundos do fim e a defesa recuperar a bola a 24 segundos do final. Mais uma vez bola na mão de James, que dessa vez decidiu infiltrar e tentar a cesta perto do aro. O resultado foi uma falta e 2 lances livres a 4 segundos do fim, que convertidos, poderiam dar a vitória aos Cavs.
Infelizmente James errou os 2 e o time de Ohio perdeu o controverso jogo.
(105 x 103 no final.)

*Foi mais um jogo com clima de playoffs, mas desta vez com toda dureza de uma partida de playoffs. O que preocupa pela forma como todos os jogadores esperaram James decidir o jogo. Creio que com Irving em quadra o cenário não será tão assustador, mas temos talentos para sair da Lebron dependência.

*Lebron foi espetacular. Fez de tudo pelo time. Jogou por 42 minutos, anotou 37 pontos, pegou 8 rebotes, deu 4 assistências, 3 roubadas de bolas e 3 tocos.

*James porém perdeu 8 lances livres (3-11), inclusive os dois finais que decretaram a nossa derrota. Cleveland terminou o jogo com apenas 52.4% de aproveitamento nos lances livres (11-21).  Some-se a isso o fato de só James Harden ter batido 18 FT (33 no total para Houston). Esse tipo de diferença custa uma vitória.

*Kevin Love atuou muito bem com 21 pontos  e 6 rebotes. Os 21 pontos do pivô foram nos 3 primeiros quartos do jogo. De lá em diante, Love ficou zerado.

*Mais uma vez Blatt decide por Thompson no lugar de Mozgov nos minutos finais. Mozgov que começou jogo muito bem, com 8 pontos no garrafão, sofreu pra marcar o Montiejunas depois do intervalo. Mas os dois jogos terminaram com derrota. Mozgov jogou apenas 18 minutos e fez 10 pontos. Thompson terminou com 12 pontos e 19 rebotes em 37 minutos.

*Cleveland terminou o jogo com apenas 40.8% de aproveitamento nos arremessos. Shumpert 0-4, Dellavedova 1-4, JR Smith 3-13 e até Lebron 15-35 não colaboraram muito. O time ainda tentou 40 arremessos de longa distância, igualando recorde da franquia, mas convertendo apenas 12 bolas (30%).

*Chute de James Harden em Lebron seria considerado flagrante 2 e resultaria em expulsão do ala do Houston se fosse considerado intencional. Não pensaram assim os árbitros. Julgue você mesmo;



Cleveland perdeu uma grande chance de ocupar a segunda colocação do Leste, já que os Bulls perderam para os Clippers um pouco mais cedo. Essa derrota foi um verdadeiro pé no saco, por tudo o que aconteceu.
O desafio agora é vencer o Boston Celtics, no retorno a Cleveland. Uma decisão sobre Irving deve ser anunciada horas antes do jogo.

Abraços!!

PRÉ-JOGO: CLEVELAND CAVALIERS vs. HOUSTON ROCKETS


Olá amigos, tudo bem com vocês???

Nunca é bom vir fazer nenhum postagem após uma derrota, mas hoje temos um grande desafio pela frente, vamos enfrentar o Houston Rockets (40-18) equipe que esta na terceira posição da conferência Oeste.

Infelizmente, hoje teremos novamente o desfalque de Kyrie Irving, que será reavaliado apenas antes do jogo de terça-feira, contra o Boston. 
Em compensação, Lebron James voltará à equipe titular. Poderemos ver então o duelo de dois concorrentes ao título de MVP da temporada: Lebron James x James Harden

Harden é o cestinha da temporada com média de 27 pontos por jogo. O Houston vem de 4 vitórias consecutivas e ocupa a 3a posição do Oeste. 

James marcou 20+ pontos nas últimas 17 vezes que encarou o Houston, incluindo 8 jogos com pelo menos 30 pontos. Cleveland tem a melhor campanha da NBA, desde 15 de janeiro, com 18 vitórias e apenas 3 derrotas. Nesse período, lidera a liga em diferença de pontos aos adversários (+11.3), e bolas de 3-pontos convertidas (233), além de ser o segundo em FG% (47.1%) e o terceiro em pontos anotados (107.3). 

Cleveland Cavaliers vs. Houston Rockets

Local: Toyota Center, Houston, TX
Horário: 2:30pm Local - 17:30 Horário de Brasilia
Transmissão: SporTV - O jogo marca a primeira transmissão de um jogo dos Cavs no SporTV. É um jogo com transmissão nacional nos EUA.

Possíveis Titulares:
Cleveland Cavaliers
- 23 Lebron James
- 0 Kevin Love
- 20 Timefey Mozgov
- 5 J.R. Smith
- 8 Matthew Dellavedova

Houston Rockets
- 1 Trevor Ariza
- 6 Terrence Jones
- 20 Donatas Motiejunas
- 13 James Harden
- 2 Patrick Beverley

Último Confronto:
07/Jan/2014 - Quicken Loans Arena – Cleveland, OH
Houston Rockets 105x93 Cleveland Cavaliers




28 de fev de 2015

UMA DERROTA, PARA UM CONHECIDO CARRASCO

Olá amigos tudo bem com vocês???

Quando o Cavaliers perde, nunca ficamos bem. Mas em uma noite totalmente diferente da noite anterior no qual jogando bem e ganhamos com seriedade do melhor time da temporada regular, não se repetiu no ultimo jogo contro o Indiana Pacers. Time no qual tirou nossa invencibilidade de doze vitórias seguidas, fez a mesma coisa na ultima noite. Quebrando nossa nova sequência de quatro vitórias consecutivas.

Sem contar com seus dois principais jogadores, Kyrie Irving que já era esperando, tanto que nem viajou com a equipe, e LeBron James que para muitos uma grande surpresa, com dores nas costas Lebron foi poupado, já que dentre suas 11 ausências nesta temporada, 9 foram por conta das dores nas costas. David Blatt definiu James Jones e Matthew Dellavedova os titulares desta noite. 

* Com a derrota de 93-86 os Cavaliers acumulam 23 derrotas, com esta derrota os Cavs nesta temporada só perdeu mais de um jogo para somente duas equipes Atlanta Hawks e Indiana Pacers.

* Um dos destaques da equipa na partida foi J.R. Smith que foi o cestinha do jogo com 21 pontos, mas apenas 2 rebotes e 4 assistências. Tendo ainda um bom aproveitamento nas bolas de 3 pontos, 4 acertos de 6 tentativas.

* Outro destaque positivo foi o double-double de Dellavedova com 14 pontos, 10 rebotes. Ele ainda deu 5 assistências.

* Pelo lado dos Pacers, vale ressaltar o primeiro triple-double de George Hill 15 pontos, 10 rebotes e 12 assistências, detalhe que de cinco tentativas para 3pontos, ele não acertou um arremesso.


* Indiana que em seus últimos nove jogos ganhou sete partidas, dentre elas duas contra os Cavs e uma contra o líder da conferência Oeste Golden State Warriors.

* Kevin Love, conseguiu mais um double-double nesta temporada, agora é o double-double de número trinta, com 17 pontos e 10 rebotes.

* Realizamos os impressionantes 15 TO, contra apenas 8 da equipe de Indiana.

* No total os Cavaliers conseguiram três double-double. Dellavedova, Kevin Love e Iman Shumpert com 14 pontos e 10 rebotes. Os Pacers conseguiram um triple-double e mais nenhum double-double.




Podemos considerar que a atuação de Kevin Love, foi abaixo do esperado já que estávamos jogando sem os dois principais jogadores do time, ele como o terceiro homem poderia ter rendido um pouco mais, destaque mais uma vez para J.R. Smith e Iman Shumpert que veio bem do banco a ajudando bem o time.

Nosso próximo jogo será domingo contra a forte equipe do Houston Rockets, fora de casa. E esperamos que Irving e Lebron estejam recuperados e prontos para contribuir para o time em busca das vitórias. 

Abraços e #GoCavs

27 de fev de 2015

PRÉ-JOGO: CLEVELAND CAVALIERS vs. INDIANA PACERS



Olá amigos tudo bem com vocês???

Após uma excelente vitória e um belo jogo, hoje vamos enfrentar o Indiana Pacers (23-34), em Indianapolis. Em nossa recente visita aos Pacers fomos derrotados e nossa série de 12 vitórias consecutivas, hoje é dia de dar o troco e continuar nossa série de quatro vitórias consecutivas. A baixa para este jogo é a possível ausência de Kyrie Irving, que sentiu dores no ombro no jogo de ontem, estamos aguardando novas informações e assim que sair a confirmação iremos atualizar o post. #GoCavs #LetsGoCavs

Cleveland Cavaliers vs. Indiana Pacers

Local: bankers Life Fieldhouse, Indianapólis, IN
Horário: 7:00pm Local - 21:00 Horário de Brasilia
Sem Transmissão

Possíveis Titulares:

Cleveland Cavaliers
- 23 Lebron James
- 0 Kevin Love
- 20 Timefey Mozgov
- 5 J.R. Smith
- 8 Matthew Dellavedova/ 4 Iman Shumpert

Indiana Pacers
- 44 Solomon Hill
- 21 David West
- 55 Roy Hibbert
- 0 C.J. Miles
- 3 George Hill

Último Confronto:
06/Fev/2014 - Bankers Life Fieldhouse, Indianapólis, IN
Cleveland Cavaliers 99x103 Indiana Pacers

CLEVELAND VENCEU E DEIXOU SEU RECADO

Cleveland e Warriors protagonizaram uma super apresentação de basquete na Quicken Loans Arena, em Cleveland-OH. 
O jogo foi muito esperado por todos os amantes de basquete por ser considerado um dos confrontos possíveis de uma Final de NBA. Cleveland tinha a melhor campanha da liga de 15 de janeiro pra cá. Golden State tem a melhor campanha de toda a temporada. 
O resultado foi um jogo de basquete super divertido

Os dois times mostraram excelente basquete. Cleveland atacou bem no começo do jogo e manteve o placar sempre próximo, mesmo sem conseguir defender o forte time da Califórnia. Lebron James esteve super ativo desde o início e fez tudo aquilo que se espera dele e um pouco mais. 
Depois de sair perdendo o quarto inicial (33x32), conseguimos encaixar uma defesa melhor. Com os reservas, vimos mais erros do líder da temporada e menos bolas na cesta. GSW que vinha chutando mais de 50%, começou a ver sua produção baixar um pouco. Assim, com Irving e James brilhando, fomos ao intervalo com uma pequena vantagem 61-56. 

Após o intervalo vimos Lebron James tomar conta do jogo. James anotou 14 pts no terceiro período e viu Klay Thompson e S. Curry errarem muitos arremessos. A vantagem subiu para 16, mas com o descanso do rei, voltou para patamares mais normais em um jogo desse. No fim do quarto, Irving saiu com o ombro machucado, assustando a muitos. O período marcou ainda a fúria do banco do time adversário contra a arbitragem da partida. 

No período final, Cavs manteve a vantagem na casa de 1 dezena de pontos. Time cometeu alguns erros no início, fez algumas faltas, mas Golden State não conseguiu converter isso em pontos, errando inclusive lances livres. Irving voltou ao jogo e Lebron ficou limitado pelas dores nas costas. mesmo assim time conseguiu a importante vitória que mostra o quanto este time pode chegar longe na temporada. 
110 x 99

* Era a noite em que os Cavs se vestia de azul. E no clima de Smurfs, a torcida entrou no jogo desde o começo. Que atmosfera fantástica na Q-Arena. Foi a maior sensação de playoffs que poderíamos ter em um jogo de temporada regular. 

*Cleveland chega ao impressionante número de 28 vitórias e apenas 1 derrota quando anota a marca de 102 pontos, estando invicto na Q-Arena com essa pontuação. No geral, Cleveland venceu 18 dos últimos 20 jogos e tem a melhora campanha da NBA da metade de janeiro para cá.

*Lebron James alcançou sua maior marcas em pontos na temporada. Foi uma atuação de gala. Uma atuação para lembrar aos críticos que ele deve sim estar envolvido nas discussões sobre o MVP da temporada. 42 pts, 11 rebotes, 5 assistências e 3 roubos de bola para James. Foi o jogo de número 55 de Lebron com pelo menos 40 pontos.



*"Ele estava no modo de ataque desde o primeiro minuto". "Se você me perguntar, não há discussão sobre o MVP se ele não estiver envolvido", afirmou Blatt. Perguntado sobre a grande apresentação de Lebron, Love também opinou: "Foi Ok". (Contagiante o menino Love, não?. =/)

*Love marcou 16 pontos (5-10FG), Mozgov chegou a duplo-duplo com 10 rebotes e 10 pontos; Irving marcou 24 pontos, tendo acertado todos os lances livres que tentou (10). E JR Smith teve mais assistências do que pontos no jogo (5x4). Fale a verdade, quantas vezes você imaginava que leria isso por aqui, quando Dion Waiters foi trocado por ele??

* Smith e Shumpert tiveram importante papel para ajudar a conter os Splash Brothers. Curry e K. Thompson foram reduzidos a meros mortais. Ambos combinaram para 10-30 nos arremessos, apenas.

* Eu não costumo falar de times adversários, mas como é bom esse time de Golden State. Muitas opções de rotação, jogadores excelentes vindos do banco, movem a bola excepcionalmente bem. Gente, eles tiveram 32 assistências em 39 cestas. Surreal! Cleveland terminou o jogo com 15 assistências.

*Para nossa sorte, Lee teve seus minutos reduzidos pela comissão técnica dos Warriors. Deve fazer parte do planejamento deles. Ainda bem, porque Lee nos castigou com 19 pontos em apenas 20 minutos.

* Agora Cleveland venceu o duelo de rebotes. Além de Love e Mozgov fazendo seus papéis, Lebron estava mais empenhado e Thompson veio muito bem do banco. Thompson pegou 8 rebotes e ainda marcou 12 pontos, sendo maior destaque do segundo esquadrão dos Cavs.

*Cleveland se estabiliza como 3 colocado no Leste, começando muito bem a louca sequência de 7 jogos em 10 dias. Vencendo bem o time de melhor campanha da NBA, os Cavaliers deixam um recado para a liga que são sim capazes de vencer qualquer time, e que numa série de 7 jogos, Cavs tem calibre para abater os melhores times.

*Nesta sexta já temos os Pacers pela frente, mais uma vez em Indiana, onde já fomos batidos. E Cleveland poderá poupar Irving ou Lebron que acusaram dores fortes. 

*Apenas Atlanta nos venceu mais de uma vez na temporada. GSW não conseguiu. Será que mantemos esse destaque amanhã?
Vamos torcer. 
Até mais, pessoas!  

26 de fev de 2015

PRÉ-JOGO: GOLDEN STATE WARRIORS vs. CLEVELAND CAVALIERS



Olá amigos tudo bem com vocês???

Após quatro jogos fora, hoje recebemos em casa o time do Golden State Warriors (44-10), equipe que esta em primeiro lugar na conferência Oeste e fazendo uma bela campanha.Os Cavs vem de uma boa sequência jogando fora de casa 3-1 e vem embalado com três vitórias consecutivas, esperamos que o time faça uma boa sequencia já que terá sete jogos nos próximos apenas dez dias. Contamos com nosso plantel completo, e torcendo para que a rotação do time seja muito boa esta noite, já que enfrentaremos uma forte equipe. #GoCavs #LetsGoCavs

Golden State Warriors vs. Cleveland Cavaliers

Local: Quicken Loans Arena, Cleveland, OH
Horário: 8:00pm Local - 22:00hs horário de Brasilia
Transmissão: Space

Possíveis Titulares:
Golden State Warriors
- 40 Harrison Barnes
- 23 Draymond Green
- 12 Andrew Bogut
- 11 Klay Thompson
- 30 Stephen Curry

Cleveland Cavaliers
- 23 Lebron James
- 0 Kevin Love
- 20 Timefey Mozgov
- 5 J.R. Smith
- 2 Kyrie Irving

Último confronto:
09/Jan/2015 - Oracle Arena – Oakland, CA
Cleveland Cavaliers 94x112 Golden State Warriors



25 de fev de 2015

VITÓRIA COM DEFESA ESPETACULAR


Mais uma vez o Detroit Pistons complica a vida dos Cavaliers!
Foi preciso muito suor e dedicação para vencermos essa.

Cleveland começou bem a partida, com Lebron ativo na defesa, roubando bolas e acionando Mozgov no garrafão. Mas Detroit, empurrado pela torcida, foi pouco a pouco igualando o jogo e aproveitando a falta de pontaria do time de Ohio, conseguiu boas sequências no jogo e tomou a dianteira antes do intervalo. Cleveland foi aos vestiários perdendo por 9 pontos, após um erro de Irving que deu 3 arremessos de lances livres a Reggie Jackson.

Na volta do intervalo, Cleveland cedeu 5 pontos em sequência e se viu com 14 pontos de desvantagem!! Parecia uma noite que não teria solução. Eis que Blatt pediu um tempo. E o que se viu depois daquele momento foi um Cleveland completamente diferente.

A defesa melhorou 100%, o time foi muito dedicado, se jogando em cada bola, pulando em cada rebote, atrapalhando cada passe, cada arremesso. Assim, com uma excepcional defesa, os Cavs construíram seu caminho para a vitória. É claro que as bolas de 3 pontos de Kevin Love e o aparecimento de Irving para o jogo ajudaram. Mas a defesa foi o grande destaque dessa importante vitória! 102 x 93

*O jogo marcou mais um recorde para o ala Lebron James. Ao anotar um double-double com 19 pontos e 11 assistências, James superou Scottie Pippen como ala com maior número de assistências na história da NBA. Fantástico

(Ops, vejo um estagiário perdendo o trabalho)

*James quase conseguiu um triple-double, pois além dos 19 pontos e 11 assistências, ele conseguiu também 9 turnovers 7 rebotes. Lebron apontou no final da partida uma insatisfação com os juízes que deixaram de marcar muitas faltas contra o time de Ohio. Arbitragem estava no clima da torcida, invertendo marcações. Os homens com 3 tons de cinza, deixaram os jogadores dos Cavs gritando...de raiva!

*Quem mais sofreu com a arbitragem foi Kyrie Irving. Kyrie foi ao intervalo com 1-7 nos arremessos, sendo muitos infiltrações com faltas claras. Ao final do jogo, Irving ainda conseguiu números bons, com 18 pontos e 5 assistências. JR Smith terminou o jogo com apenas 4 pontos. Irving e Smith ainda viram Kentavious Caldwell-Pope e Reggie Jackson anotarem 21 e 22 pontos respectivamente.

*Kevin Love não acertou uma única cesta de 2 pontos no jogo!!! E foi o cestinha da partida.Isso porque ele bateu seu recorde pessoal com 8 bolas de 3 pontos (em 14 tentativas). 24 pontos para o pivô.  Ou seja, resumo do ataque dos Cavs é esse aqui:

*A defesa dos Cavs foi sufocante no segundo tempo de jogo (3Q e 4Q). Depois de levar 35 pontos no 2Q e 27 no 1Q, ou seja, 62 na primeira metade da partida, Cleveland cedeu apenas 31 pontos na segunda metade, reduzindo os Pistons a 30,8% de aproveitamento nos arremessos nos últimos 24 minutos. Foi uma defesa realmente impressionante!.

*Shawn Marion continua fora do time com problemas no quadril. Alguém notou?  Cleveland só deve voltar a usá-lo quando tiver 100% recuperado. Enquanto Marion está fora, Blatt tem usado James Jones para descansar Love por vezes.

*Kendrick Perkins fez sua estréia com a camisa dos Cavs. Jogou apenas 2 minutos e cometeu 2 faltas, além de anotar seus 2 primeiros pontos. Mozgov cometeu a sua terceira e última falta no final do 2Q. Perkins então fez seu papel.

*MOZBLOCK terminou o jogo com 4 tocos, 14 pontos e 6 rebotes, em apenas 20 minutos. Tudo isso para um total de +20 no tempo em que esteve em quadra.

*Com a vitória, apenas o Atlanta venceu os Cavs 2 vezes na temporada, até aqui. Cleveland tem o melhor recorde da liga desde 15 de janeiro (17-2), tendo alcançado a marca de 15 vitórias seguidas ao chegar a marca dos 100 pontos na partida. 

A equipe tem pela frente agora um grande desafio. A partir de quinta-feira, os Cavaliers farão 7 jogos em 10 dias, com direito a 3 back-to-back (Jogos em dias seguidos). Além disso enfrentarão Golden State Warriors (melhor time da temporada), Pacers (que  venceu recentemente), Houston (3o do Oeste), Toronto (2o do Leste), Atlanta (Líder do Leste). Vida nada fácil. Time precisará que equipe técnica rode inteligentemente a equipe para mantê-la competitiva. 

24 de fev de 2015

VENCENDO, CONVENCENDO E DESCANSANDO

LeBron está jogando o menor número de minutos por jogo na carreira. Acidente ou planejamento?

Os minutos estão caindo...
LBJ vem jogando 36.2 MPG, três minutos a menos do que sua média da carreira. Ele não joga no 4º Quarto desde antes do All-Star Break. 

Você, provavelmente, deve estar se perguntando, "Acidente? Como assim acidente?". E eu explico porquê usei essa palavra. Em sete oportunidades nessa temporada, James não jogou o último período de partida - Seis delas porque o Cavs estava humilhando o time adversário, e uma vezinha porque o Cavs viveu o outro lado da moeda. 

Se essas sete partidas não forem consideradas, a média de minutos/jogo sobe para 37.6, e mesmo assim ainda é menor do que os 39,3 MPG que ele tem de média na carreira. (E a mesma média de minutos que ele jogava nas últimas três temporadas com o Heat).

Depois daquelas duas semanas de molho, tratando a lesão, Blatt e LBJ conversaram e concordaram que o número de minutos devia baixar, - Até 18/nov, James estava com média de 39,1 MPG - e está funcionando. Desde 13 de janeiro, primeiro jogo depois da lesão, ele vem jogando 34 minutos. Blatt mudou a rotação, colocou LBJ pra jogar contra os reservas da equipe adversário... E isso deu MUITO certo. Além de LeBron ter um descanso maior, Coach Blatt resolveu o problema do banco - que não conseguia manter a vantagem que o lineup titular conquistava. 

O Cleveland Cavaliers venceu 16 das últmas 19 partidas, e nesse período,
LeBron não jogou o 4ºQ em quatro oportunidades.
James não jogar o último período é ótimo por vários motivos; Ele já tem 30 anos, contra os Pistons, em Detroit, ele vai chegar aos 41,700 minutos na carreira, - sem contar o tempo que ele jogou com a seleção americana - e também porque ele já perdeu dez jogos na temporada por causa de lesão. 

O mais importante é que, seja por acidente, planejamento ou pelo time estar encaixando, ou até mesmo os três fatores juntos, o Cavs vem jogando bem e LeBron está descansando. Acreditem, esses dois ou três minutos que eles está descansando por jogo, vai fazer uma grande diferença durante os playoffs.

Médias do King na temporada: 25.8 PPG, 5.6 RPG, 7.3 APG e 36.2 MPG, em 47 partidas.



(Todas as stats via Joe Vardon, jornalista do NEOMG)

PRÉ-JOGO: CLEVELAND CAVALIERS vs. DETROIT PISTONS


Olá amigos tudo bem com vocês???

Hoje será nosso último jogo fora de casa, após uma sequencia de quatro jogo incluindo o jogo desta noite, com saldo de 2-1, vamos fechar a séria em 3-1 e para isso precisamos ganhar do Detroit Pistons (23-33), nono colocado na conferência Leste. O saldo dos Cavs é bem favorável contra os Pistons, nos últimos cinco jogos o Cavão ganhou quatro, incluindo os três últimos em Detroit. Este será o terceiro jogo contra os Pitons, na série de quatro jogos e tem uma vitoria para cada lado. #GoCavs #LetsGoCavs

Local: Palace Of Auburn Hills, Detroit, MI
Horário: 7:30pm Local - 21:30hs horário de Brasilia
Transmissão: Sem transmissão

Possíveis Titulares:
Cleveland Cavaliers
- 23 Lebron James
- 0 Kevin Love
- 20 Timefey Mozgov
- 5 J.R. Smith
- 2 Kyrie Irving

Detroit Pistons
- 31 Caron Butler
- 10 Greg Monroe
- 0 Andre Drummond
- 5 Kentavious Caldwell-Pope
- 1 Reggie Jackson

Último confronto:
27/Jan/2015 - Palace Of Auburn Hills, Detroit, MI
Cleveland Cavaliers 103x95 Detroit Pistons


22 de fev de 2015

TREINO DE LUXO NO MSG

Nathaniel Butler/NBAE/GettyImages
Cleveland fez seu último jogo da temporada no Madison Square Garden.
E como era de se esperar, venceu facilmente o time do New York Knicks. O jogo marcava o retorno de JR Smith e Iman Shumpert a Nova York.
Cleveland tomou a iniciativa do jogo e liderou a partida por todo o tempo.
James, Love e Irving brilharam e JR Smith detonou seu ex-time.

Foi um jogo tranquilo. Só não digo que foi calmo, porque James se irritou com a arbitragem que deixou de marcar muitas faltas. O placar só não foi mais elástico porque os titulares nem chegaram a entrar em quadra no último período. Assim, a liderança que chegou a ser de 30 pontos, caiu no final para 18. 101 x 83.

*O jogo marcou a chegada de Lebron James ao posto de 22º cestinha da NBA, ao superar Allen Iverson. James marcou 18 pontos, pegou 7 rebotes e distribuiu 7 assistências. Irritado com os juízes, James fez de propósito uma falta em cima do Calderon no 3Q e minutos depois pediu para sair após os juízes novamente não marcarem uma falta nele, evitando assim outra reação pior do jogador.

*Kyrie Irving fez um primeiro quarto discreto, mas depois apareceu para o jogo e mais uma vez deu seu show particular. 18 pontos (6-10 FG) e 2 assistências espetaculares.


*Quem foi muito bem na partida foi Kevin Love, que anotou 16 pontos e pegou 16 rebotes para o seu double-double de número 29 na temporada. Love jogou muito mais próximo da cesta e foi muito mais acionado, tocando mais na bola e arremessando 14 vezes. 

*JR Smith não teve pena de seu ex-time e além de marcar 17 pontos, com excelente aproveitamento de 7-11, ainda foi o protagonista do lance da partida.



*De negativo houve o alto número de rebotes ofensivos que o time cedeu (19). Além disso, o time ainda conseguiu terminar com mais turnovers do que os Knicks. (15x11)

Cleveland se mantém na quarta posição do Leste e vai continuar sua viagem enfrentando os Pistons na terça-feira. Uma vitória é mais do que bem-vinda, pois a partir da próxima quinta, Cleveland vai encarar Golden State, Pacers, Houston, Toronto e  Atlanta em 8 dias.

PRÉ-JOGO: CLEVELAND CAVALIERS vs. NEW YORK KNICKS



Olá amigos tudo bem com vocês???

Em mais um jogo fora de casa, os Cavs vão em busca de mais uma vitória, claro. E o adversário de hoje é o New York Knicks (10-44) equipe que esta na ultima posição da conferência Leste, segunda pior equipe da temporada. Mas que não quer dizer muita coisa, levando em consideração termos perdido a primeira partida desta temporada em casa e justamente para os Knicks, no retorno de Lebron aos Cavaliers. mas hoje ainda bem são outros tempos, viemos de boa apresentação contra o Wizards na sexta também fora de casa, mas todo cuidado é pouco. Sabemos o que já passamos em outros jogos considerados fáceis. Os Knicks não contam com seu principal jogador Carmelo Anthony, já os Cavs contam com seu time titular para esta partida. Vamos rumo a mais um belo e bom jogo. #GoCavs #LetsGoCavs

Local: Madison Square Ga Rden – New York, NY
Horário: 1:00pm Local - 15:00hs horário de Brasilia
Transmissão: Sport+

Possíveis Titulares:
Cleveland Cavaliers
- 23 Lebron James
- 0 Kevin Love
- 20 Timefey Mozgov
- 5 J.R. Smith
- 2 Kyrie Irving

New York Knicks
-  21 Lou Amundson
- 17 Cleanthony Early
-  14 Jason Smith
- 3 Jose Calderon
- 2 Langston Galloway

Último confronto:
04/dez/2014 - Madison Square Ga Rden – New York, NY
Cleveland Cavaliers 90x87 New York Knicks

21 de fev de 2015

KENDRICK PERKINS VAI ASSINAR COM OS CAVS

Foto por @CavsNationNet
Estou eu, lindo, calmo, tranquilo, comemorando meu aniversário, sem sinal da Internet, quando vou checar os parabéns no Facebook, WhatsApp e essas bobagens todas e vejo que o Kendrick Perkins já fala na família Cavs.

Isso mesmo, o pivozão, ex Oklahoma Citi Thunder, deverá assinar com o Cleveland Cavaliers assim que for dispensado na segunda-feira. Perkins foi trocado para o Utah Jazz na quinta-feira, na data limite para trocas. Porém várias fontes afirmam que o Buyout já está acertando, deixando o jogador livre para assinar com qualquer time.

O próprio Perkins deixou claro a escolha dele.


 Perkins deve assinar pelo mínimo de veterano, mas continua sendo uma figura importante em quadra no tocante à defesa do aro, sendo colocado como Top-10 da liga entre os principais pivôs. Perkins vinha com médias na temporada de 4 pontos e 5.5 rebotes e 0.7 tocos, em 19 minutos. Claramente KP vem para o papel de quarto homem de garrafão, em um Cavs que tem usado Mozgov de C, Love de PF e Thompson em ambas as posições. Essa rotação de Cleveland vem funcionando, mas ainda precisávamos de um nome mais confiável para o caso de problemas de faltas. Levando em consideração que Mozgov está entre os jogadores com maior número de faltas na temporada, um reserva decente era necessário. 

Perkins tem a experiência de 12 temporadas e 2 finais de NBA, com um anel de campeão.
Para o time ficar completo, basta um reserva melhor para Irving. Mas é bom ficar de olho que agora o time tem 15 jogadores no elenco e novas aquisições dependem da saída de alguém, o que deve estar relacionado ao Haywood ou mesmo um dos amigos de James, como Miller e Jones. Mas isso é tema para outro post.

Por hora, seja bem-vindo, Perkins!!

UM PASSEIO NA CAPITAL AMERICANA


Olá, pessoas!
Finalmente a temporada  regular da NBA retorna para os Cavs. Depois de uma pausa para o carnaval All-Star Game, podemos ver um descansado Cavaliers voltar à ativa para uma excelente partida na estrada. Cleveland atropelou o Washington Wizards em plena capital americana. Wizards estava desfalcado de um dos seus principais jogadores, Bradley Beal, mas isso não tira o mérito de nossa vitória.
Um passeio, em plena capital americana. 127 x 89.
Desde o primeiro quarto, Cleveland demonstrou uma energia de quem queria mostrar serviço e com boa defesa e ótimo ataque o time ditou o ritmo da partida. O time ficou atrás do placar apenas no começo do jogo, quando o Wizards fez 2-0. De lá pra cá, quem mandou e desmandou foi a equipe de Ohio, que abriu vantagem e não foi mais ameaçado, nem mesmo quando viu a vantagem que já era de 20 pontos no segundo quarto, cair para 11 no terceiro.  Com duas bolas de três pontos de Lebron James, Cleveland abriu novamente para não ver mais o time dos bruxinhos no retrovisor.

Como hoje é meu aniversário, serão poucos comentários para eu ter tempo de comemorar.

*Lebron foi o cestinha da partida com 28 pontos, além de 6 assistências e 5 rebotes. Como teve problemas de faltas, indo para o banco de reservas aos 7 minutos do 2Q, e como descansou todo o 4Q, pela vantagem construída, James jogou apenas 25 minutos, o que torna os números acima ainda mais espetaculares.

*James terminou a noite com um plus/minus de +30. em 25 minutos. Show, não? Mas o que dizer dos +42 do Timofey Mozgov, em menos de 29 minutos???? Inacreditável!

*Kyrie Irving também brilhou com 25 pontos e 7 assistências, em pouco mais de 30 minutos de jogo. Irving aumentou seu número de assistências depois da vinda do Mozgov. Vou confirmar os números, mas o armador acha passes espetaculares para ele. Thompson também recebeu uma espetacular. Além de tudo, Irving protagonizou o lance da partida:


*Love foi discreto ofensivamente. (8 pts, 3/8 FG). Mesmo com time dando show, ele ainda foi pouco acionado no ataque. Antes do intervalo, a terceira peça ofensiva do time era o Iman Shumpert, com 11 pontos. Mas Love é uma peça fundamental para fazer a engrenagem funcionar, inclusive (pasmen) defensivamente.

*Bradley Beal fez falta aos Wizards. Eles foram patéticos nos chutes de 3-pontos. Apenas 1 acerto em 16 tentativas. Ou seja, nos pontos deste arremesso, Cavs superou o time da casa em 42 a 3.

*Muitos disseram que os Cavs foram derrotados na trade deadline, porque não fizeram nenhuma troca.  Bobagem. Shumpert, JR Smith e Mozgov mudaram a cara do time e eles vieram muitos dias antes. Ainda se espera uma decisão do Ray Allen que, para alguns assina ainda este fim de semana, para outros teria desistido de jogar nesta temporada. Mas James declarou essa semana que os Cavs tem elenco para vencer o campeonato. Hoje tivemos a apresentação de um time com calibre para vencer.

*Bulls perdeu na noite, nós vencemos o Washington. Assim, voltamos a assumir a quarta posição no Leste, ficando apenas meio jogo atrás da equipe do Chicago.

Até domingo!

20 de fev de 2015

PRÉ-JOGO: CLEVELAND CAVALIERS vs. WASHINGTON WIZARDS


Olá amigos tudo bem com vocês???

Todos prontos para o restante da temporada regular??? Então bora lá, hoje vamos até a capital enfrentar o Washington Wizards (33-21) quarto colocado da Conferência Leste. Vindo de uma derrota para o Chicago Bulls, antes da pausa para o ASG, nossa equipe busca o caminho das vitórias novamente e também a quarta posição, já que hoje enfrentamos nosso adversário direto para a quarta posição. #GoCavs #LetsGoCavs


Local: Verizon Center, Washington, DC

Horário: 8:00pm Local - 23:00hs horário de Brasilia
Transmissão: ESPN


Possíveis Titulares:

Cleveland Cavaliers
- 23 Lebron James
- 0 Kevin Love
- 20 Timefey Mozgov
- 5 J.R. Smith
- 2 Kyrie Irving

Washington Wizards
- 34 Paul Pierce
- 42 Nene
- 4 Marcin Gortat
- 22 Otto Porter
- 2 John Wall

Último confronto: 
26/nov/2014 - Quicken Loans Arena – Cleveland, OH
Washington Wizards 87x113 Cleveland Cavaliers